Código Negro


Beija-Flor

Eu gostaria de ter

Minha própria flor

Pra não ter que voar

De campo em campo 

 

Pois se não percebeu,

Eu sou um beija-flor

Espalhando amor

Mas nunca satisfeito

 

Eu tenho medo de ser

Como agora estou

Dependente de pó

Pra não se sentir só

 

Pobre do girassol

Que só fica a esperar

Um incerto como eu

A paixão lhe roubar



Escrito por Caio Mhorse às 16h44
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]


[ página principal ] [ ver mensagens anteriores ]
 
Histórico


Votação
Dê uma nota para
meu blog