Código Negro


Hollywood

Eu tenho amor
E ele é só seu
Mas no louvor
A gente se perdeu

Eu sei que sou (eu sou só seu)
Eu tenho amor (e ele é só seu)
Mas tanta dor
A gente já viveu

Isso porque eu não sei
Quanto tempo esperar
A gente não é como Hollywood
Não há comédia romântica

O porque disso eu não sei
Eu só quero poder levar
Você pra ver filmes de Hollywood
E o nosso ardor propagar



Escrito por Caio Mhorse às 23h43
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]


Desamorena

O hoje só acaba
Quando a vista fecha
E enquanto a noite é dia
Há nada que nos resta

Sentir é existir
Ver é só colorir
Miragem no olhar
Viver, cantarolar

Dançar, eu e morena
Amar ela serena
Jogar paixão no ar
Lembrar de bem viver

O hoje só termina
Quando o ar desamorena
O hoje só termina
Se acabar.



Escrito por Caio Mhorse às 10h00
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]


Tão Somente

Levanta ele
Os olhos de insolência
E o corpo escasso
Encarnam sua decência

É só um dia
E ele é só mais um
Que abre os olhos
De um jeito tão comum

A Terra é tão parente
E a gente é exigente
A vida é tão ausente
E a gente que aguente

Andróide, ele
E seu coração de pedra
Abriga uma fonte
Que só o nada enxerga

A fossa é ambiente
E a gente é tão carente
A troca é urgente
E a gente é tão somente



Escrito por Caio Mhorse às 10h00
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]


[ página principal ] [ ver mensagens anteriores ]
 
Histórico


Votação
Dê uma nota para
meu blog